20/04/17

Bancos internacionais promovem reuniões durante o IV EMDS

Em busca de alternativas para investimento do setor público nos municípios brasileiros, bancos internacionais irão promover reuniões com governantes locais, durante o IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS). Em parceria com a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o Banco Mundial e o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB) vão realizar encontros para um público exclusivo, nos dias 25 e 27 de abril, respectivamente.

Na terça-feira, 25, a reunião é para prefeitos de cidades acima de 300 mil habitantes. Na ocasião, o Banco Mundial irá apresentar a estratégia de parceria com o Brasil (2017-2023) e a agenda de desenvolvimento sustentável.

O evento faz parte das consultas públicas sobre a nova Estratégia de Parceria do Banco Mundial no Brasil (Brazil Country Partnership Framework/CPF), documento que busca traçar as áreas prioritárias para a atuação do Banco Mundial no país nos próximos seis anos. Essas consultas servirão para colher impressões e considerações que permitam o alinhamento da estratégia com as prioridades percebidas pelos diversos setores da sociedade brasileira.

Confira a programação aqui.

Financiamento de projetos de infraestrutura
Promovida pelo Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), na quinta-feira, 27, o objetivo desse encontro é estabelecer um contato inicial que possa resultar na identificação e no financiamento de projetos em municípios brasileiros. Essa reunião é voltada para prefeitos e secretários de finanças de municípios com população superior a 200 mil habitantes, com capacidade de pagamento “A” ou “B” (conforme avaliação do Tesouro Nacional).

De acordo com as regras vigentes do Banco, tais municípios podem pleitear a concessão de garantia do governo federal para financiamentos externos. O NDB estará representado pelo Vice-Presidente & CRO Paulo Nogueira Batista e pelo Vice-Presidente & COO Xian Zhu. Marcello Estevão, secretário de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda, também participará da reunião.

NDB - Estabelecido pelos países dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) em 2014, com sede em Xangai (China), a prioridade do banco é financiar projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável. Em 2017, o NDB almeja financiar projetos totalizando três bilhões de dólares nesses setores em seus países membros. A delegação do NDB pretende se engajar com gestores de municípios brasileiros elegíveis à obtenção de garantia soberana para operações externas.

Última modificação em Quinta, 20 de Abril de 2017, 19:35
Mais nesta categoria: