Histórico

Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS)

Com a primeira edição realizada em 2012, o Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS) já se consolida como o maior evento sobre sustentabilidade do país. Organizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e tendo como grande parceiro o Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o EMDS reúne bienalmente autoridades municipais, estaduais e federal.

Uma das metas do EMDS é mobilizar gestores públicos dos três níveis de governo a incluir o tema da sustentabilidade em seus programas de governo e criar agendas propositivas de desenvolvimento local sustentável. Temas como a dinamização das oportunidades para os pequenos negócios, a gestão pública aliada ao empreendedorismo, a qualidade ambiental urbana, a inclusão produtiva, erradicação da miséria e questões referentes a mobilidade urbana foram algumas das agendas discutidas no encontro.

A cada edição, novos temas e desafios surgem e os assuntos recorrentes tomam novas formas, exigindo reflexões e esforços coletivos e de mobilização de todos os atores políticos e sociais, fomentando o interesse dos municípios em melhorar a qualidade de vida da população nas cidades.

No ano de 2012, as discussões municipais contaram com uma iniciativa inédita da FNP: a realização do I Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, com o tema: “pequenos negócios, qualidade ambiental urbana e erradicação da miséria", que foi realizado em Brasília (DF), entre os dias 27 e 29 de março.

Com a participação de 2,3 mil pessoas, o evento fomentou a construção de uma pauta propositiva, priorizando o desenvolvimento local sustentável para auxiliar na erradicação da miséria, tendo como base os pequenos negócios.

Entre os resultados da primeira edição, a elaboração da "Carta dos Municípios Brasileiros pelo Desenvolvimento Sustentável", que defende a maior participação dos municípios na implementação de políticas públicas para promover a sustentabilidade econômica, social e ambiental no Brasil.

Um mês após o encontro, a carta foi entregue ao secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki Moon. O sucesso do evento garantiu sua continuação para o início de 2013.

View the embedded image gallery online at:
http://fnp.org.br/emds/emds/historico#sigProId3ff335d6a6

 

O II Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (II EMDS), trouxe o tema “Desafios dos novos governantes locais”, realizado entre os dias 23 e 25 de abril de 2013, no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília (DF), consolidando-se como o maior evento de sustentabilidade e desenvolvimento local do país.

O evento contou com a presença de 3.612 participantes, sendo 345 prefeitos e 56 vice-prefeitos, além de ministros, parlamentares, gestores municipais, agentes de desenvolvimento, empresários e sociedade civil. Reuniu os principais ministérios e órgãos do governo federal ligados ao desenvolvimento social, econômico e ambiental, além de contar com a participação de empresas privadas, governos locais e organizações não governamentais. A solenidade de abertura oficial contou com as presenças da presidente Dilma Rousseff, do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, entre outras autoridades dos três níveis de governo.

Na segunda edição do EMDS, a atividades foram organizadas em quatro eixos temáticos:

  • A nova geração de governantes locais e o desenvolvimento sustentável no pós Rio+20;
  • Reforma do Estado e repactuação federativa nos 25 anos da Constituição;
  • O empreendedorismo e o desenvolvimento local sustentável;
  • Diálogo entre o público e o privado na construção de cidades sustentáveis.

O II EMDS foi uma oportunidade para que governantes locais dialogassem sobre os desafios comuns às cidades brasileiras, trocassem experiências e promovessem a discussão do desenvolvimento pautado na sustentabilidade social, econômica e ambiental.

Além de proporcionar espaços de diálogos aos participantes, o II EMDS também foi um espaço estratégico para apresentação de alternativas tecnológicas para o desenvolvimento sustentável das cidades e de premiações voltadas para o reconhecimento de boas práticas de gestão local.

O secretário-geral das Organizações das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, encaminhou uma carta de estímulo aos prefeitos participantes do Encontro, lida durante a solenidade de abertura do II EMDS.

View the embedded image gallery online at:
http://fnp.org.br/emds/emds/historico#sigProId9f4ae2b8da

 

O III EMDS registrou 9.458 participantes em três dias de evento, entre personalidades nacionais e internacionais. No Brasil, 1507 municípios brasileiros foram representados e 512 prefeitos participaram ativamente das atividades que contou, ainda, com 355 palestrantes e debatedores, 109 instituições nacionais e internacionais apoiadoras, três governadores, 15 ministros, 52 deputados e senadores e 125 vereadores. 

Na edição de 2015, os cinco continentes do mundo também estiveram representados em 17 delegações estrangeiras.

O III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (III EMDS) foi realizado no período de 7 a 9 de abril de 2015, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF).

Atraídos por uma pauta construída a partir das demandas municipais, os participantes dessa edição tiveram oportunidade para troca de experiências, acesso às boas práticas bem sucedidas de municípios com realidades comuns, acúmulo de informações sobre temáticas importantes, além de debates e palestras.

Os eixos escolhidos do III EMDS foram:

• Políticas públicas de incentivo ao empreendedorismo e ao desenvolvimento local sustentável;

• Gestão, universalização e qualidade de águas; 

• O protagonismo dos governos locais nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ONU) e no Habitat III;

• Mobilidade urbana: o impasse do atual modelo e a urgência por alternativas inclusivas, sustentáveis e de qualidade; 

• Qualidade, financiamento e governança das políticas públicas locais e metropolitanas; 

• As cidades, a reforma política e participação social. 

Esses temas nortearam todas as atividades que compõem a estrutura do III EMDS (Ponto de Encontro; Expo Cidades; Praças de Boas Práticas; Salas Temáticas; TEDs-alike e Arenas de Diálogo). Os seis eixos foram escolhidos pela Comissão Organizadora do III EMDS e validadas pelos prefeitos e prefeitas integrantes da Coordenação Política, que teve como coordenador-geral o prefeito de Canoas (RS), Jairo Jorge.

Navegue em nossa página e fique por dentro do maior evento sobre sustentabilidade do país.